Um dos efeitos colaterais mais interessantes do uso da bicicleta, é o da cultura da bike. Eventos, coletivos e, claro, arte. Seja por meio de colagens, ilustrações, quadrinhos ou fotografias, artistas que pedalam parecem extrair a essência de como nos sentimos ao montarmos em selins, de um jeito autêntico e, na maioria das vezes, bem divertido.

Quando essa combinação é de mulheres + bicicleta + arte, o arranjo fica ainda mais fascinante. Pensando nisso, selecionei artistas que fazem um trabalho muito lindo em torno da cultura da bike – e que merecem todo o nosso apoio.

  1. Sobre Margarida – Priscila Sbampato

Conheci a Priscila no Musas da Urbanidade e já de cara a adorei. Além de ser designer, a Priscila é ilustradora e é nessa área que ela se dedica a retratar mulheres e suas magrelas. Para minha surpresa, ela me mandou colagens sensacionais sobre fotos minhas. Obviamente, morri de amores.

Colagem sobre fotos Sobre Margaridas
Belezuras que a Priscila posta no seu Instagram
O universo bicicletístico e fantástico da Priscila.

Confira o trabalho da Priscila no Instagram Sobre Margarida (vale a pena seguir, hein!).

2. Bikeyface – Bekka Wright

A americana Bekka vive em Boston e cria quadrinhos extramente realistas sobre estar em um veículo ágil porém frágil num dos países mais carrocratas do mundo. Suas tiradas sobre o universo feminino num cenário tão cheio de machismos são incríveis e dão vontade de abraçar a artista, por compreender tão bem a nossa rotina.

Bekka retratando a larica sem maconha causada pelo uso da bicicleta. Fome eterna duma mente sem lembranças.

Bekka, além de artista, também é escritora, film maker, padeira de cookies de chocolate (haha), cicloativista e muito engraçada. Alguém bem que poderia se dedicar a traduzir todos os quadrinhos dela, né non?

O loop da felicidade ao usar a bicicleta como transporte.

 

3. KPPdraws – Kitty Pemberton-Platt

A inglesa Kitty tem duas paixões na vida: pedalar e desenhar. Ela retrata de maneira bem humorada a rotina de quem usa speed para treinar, mas mesmo quem não vive isso consegue se divertir com as suas ilustrações. Seu trabalho é uma declaração de amor ao esporte (e, ao que tudo indica, a alguém que pedala também).

As regras da estrada: viva e aprenda em cima do selim.

Ainda que o seu site oficial funcione, a loja e o Instagram dela não estão mais no ar, mas por sorte ainda temos as ilustrações antigas para contemplar. Ah, num stalk básico, descobri que além de ilustrar bem, ela pedala como uma monstra. Pura inspiração (mais) essa moça.

 

4. Sarita Mann – Sarita Mann Design Studio

A Sarita é designer e busca materiais e práticas sustentáveis para os seus projetos. De maneira não muito surpreendente, ela também é ciclista. A descobri em uma reportagem da Momentum Mag sobre como prender a sua bicicleta – que, aliás, também é um excelente ebook (ambas em inglês).

Amor pelas bikes por Sarita Mann para a Momentum Mag.

No site dela, você pode conferir os outros trabalhos que ela desenvolve.

5. Laurie King

O sofá de ciclista hahahah

As ilustrações da Laurie estão longe de ficarem só no papel. Expert em serigrafia, ela é capaz de passar suas ideais para um mundo de materiais. Amante das estradas, ela junta essas duas paixões de um modo poético e muito agradável aos olhos. De acordo com seu site, o processo é parte fundamental da sua criação, bem como…. ora, sair para pedalar.

Você pode descobrir mais trabalhos no site dela ou ainda comprar algum mimo super lindão na loja virtual.

6. Danielle Baskin – Inkwell Helmets 

Falando em produtos com arte, chegamos na incrível Danielle, que em 2009 fundou a Inkwell Helmets. Sabendo que os capacetes são bem limitados (e sem graça), ela começou a pintá-los a mão, fazendo-os ficarem mais personalizados e estilosos, e assim incentivando o uso do artefato.

Seu trabalho reflete bem os seus interesses: ilusões de óptica, bicicletas, bicicletas como meio de transporte, ciência, educação e por aí vai. Não faltam paixões para essa menina.

Para você ser uma obra de arte móvel, os capacetes são vendidos online e custam entre 85 e 245 dólares cada.

7. Britt Appletton

A cômica Britt gosta de ilustrar pessoas – e quase não entrou nessa lista muito seleta (risos). Porém, sua capacidade de ser sagaz e feminista, vivaz e crítica, tornou impossível não colocá-la. Ela não tem a bike como principal tema, mas quando a encontrei nessa reportagem da Total Womens Cycling, não tive mais como tirá-la deste post.

Confira o site da artista ou ainda essa série maravilhosa sobre mulheres e menstruação na Toast.

Bom, essas foram as artistas que achei por aí retratando o mundo em duas rodas. Vocês conhecem outras? Compartilhem com o mundo, bora enaltecer mulheres artistas!

Meu super agradecimento para a Priscila, que me usou como inspiração (sério, gente, como pode!?) no seu trabalho lindo e ainda me explicou melhor sobre o que é bike arte – que, aliás, ficou faltando colocar mais informações, mas perdi tudo no meu celular com a tela quebrada :p

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *