10 vantagens marotas de ir de bike para o trabalho

Dia 08 de maio, sexta, é dia de ir de bicicleta ao trabalho. A data foi criada para estimular quem quer mudar o modal e ter uma vida mais feliz. Muita gente já deu dicas de como fazer isto, como você pode ler aqui ou aqui. No Pedal Glamour sempre abordo maneiras de você vencer o medo de pedalar, então desta vez vou apenas listar as vantagens marotas de adotar a bicicleta para ir trabalhar. Esse texto tem a garantia de não ter dicas como ‘você perde peso’ ou ‘você chega mais feliz’, porque isso você também já sabe.

1 – Pratica o seu poder de argumentação

Nada como a melhor vaga.
Nada como a melhor vaga.

Pedalar não fortalece só as suas pernas. Fortalece também o seu poder de argumentação. Com a falta de locais adequados para se deixar a magrela, muitas vezes você precisará advogar pelo seu direito de estacionar com segurança. Use seu charme, persuasão e repertório para fazer amigos e conseguir vagas em garagens de condomínios, ao lado da sua mesa favorita na padaria e dentro de jardins ornamentais com plantas vindas da Europa. Seja bróder do tio do café e use o seu banheiro (e espelho) como se fosse o da sua casa. Conheça os porteiros dos lugares que você mais frequenta, que além de ser educado, ainda te garante um lugar especial para guardar a sua magrela.

2 – Manda o status quo às favas

PedalGlamour_JAN15_07
Oi, graxa? De bicicleta? Deve ter sido meu irmão pequeno.

Quando as pessoas começaram a sacar que você está usando a bicicleta para ir trabalhar, ficarão preocupadas: é que você está desafiando o status quo de pegar trânsito, torrar dinheiro e conservar gordura. O status quo tem seus guardiões ferozes. Apenas sorria, diga que eles tem toda razão e continue pedalando. Repita todos os dias. Um dia eles cansam – ou não.

P.S.: Os defensores do status quo irão argumentar sobre o seu suor, mesmo que levem quinze dias para sacar que você está pedalando e, logicamente, não está fedendo. Se você precisar de argumentos neste sentido, não deixe de ler isto.

3 – É flexível

Você não precisa tá com o físico e o ânimo de um atleta do Tour de France para começar a pedalar para o trabalho. Se você for pedalando e começar a chover, não precisa sensualizar a sua camisa branca na chuva. Deixe a magrela na garagem do trabalho e volte de outro jeito. Se no dia seguinte você estiver disposto, volta com ela para casa. Apenas lembre-se que é bem importante guardar a magrela em um lugar seguro, senão quem voltará pedalando com a bike será o ladrão. E ah, não vale ir um dia e deixar a coitada seis meses esperando na garagem da firma.

Apenas comece aos poucos, não precisa ter metas surreais e que te darão mais trabalho do que prazer.

4 – Você não precisa entrar nesta sozinho

Amigas, familiares e por aí vai: ninguém passa incólume as minhas insistências para pedalar.
Amigas, familiares e por aí vai: ninguém passa incólume as minhas insistências para pedalar.

Crimes perfeitos precisam de cúmplices. O melhor de ter grandes ideias é envolver algum amigo desavisado. Roubada só é roubada se você estiver sozinho. Chame alguém que mora perto de você para ir pedalando junto. Usei esta técnica e foi infalível. O lance é convencer alguém de que é uma belíssima ideia ir pedalando, que vocês ficarão magros, ricos e felizes e que nunca mais pegarão ônibus fedendo a cheetos na vida. Empolgação é tudo!

Quando você tem alguém junto, fica mais fácil ser visto e respeitado no trânsito, você tem com quem conversar e um puxa o outro para não desistir jamais. Posso garantir que é melhor que convencer alguém de se matricular na academia contigo.

(tá vendo, a dica da argumentação funciona em todos os âmbitos da vida).

5 – Você ganha uma comunidade

Tem um monte de maluco que pedala por aí. Participe das bicicletadas, passeios para iniciantes e afins. Conheça estas pessoas. Você ganhará pessoas maravilhosas na sua roda de amigos (inevitavelmente conhecerá umas malas também). Assim você poderá fazer trajetos que considera perigoso em grupo e descobrir que não é tão trevas assim. Você descobrirá dicas de trajetos, mecânica e aprenderá argumentos infalíveis para conseguir vagas para a bike em jardins ornamentais.

Se você estiver vivo, é bem provável que fique eufórico por pedalar mais quilômetros do que se julgava capaz. Em poucos meses (quiçá semanas), você irá rir de si mesmo e não acreditará que achava estes percursos difíceis. Ficará feliz marromenos como esta menininha:

6 – Você pode fazer uma ‘bici escola’ grátis

Bike Anjo é a auto escola nas bicicletas. Só que de graça. São ciclistas experientes e bondosos que te ajudam a fazer o trajeto casa > trabalho com segurança. Eles irão te fazer companhia no caminho, avisarão se tem alguma grande cilada e provavelmente saberão convencer o síndico a te ajudar a deixar a bicicleta em um lugar melhor do que entre a estação de gás e as latas de lixo.

O serviço é gratuito, mas convém dar um chocolatinho pro Anjo – eles normalmente são uns famintos – ou oferecer ajuda para manter o projeto vivo. Você também poderá participar dos eventos do coletivo e aprender ainda mais. Com o tempo, dá para aprender a se virar sozinho e começar a ajudar os outros também (comigo foi assim).

Para Bike Anjo Floripa, veja aqui.

7 – Ir trabalhar fica menos trabalhoso que o próprio trabalho

“ta dando mais trabalho chegar no trabalho do que trabalhar” #floripa

Uma foto publicada por Adriana D L S (@dridls) em

Não faz sentido algum ter mais trabalho para ir trabalhar do que trabalhando. Indo de bicicleta você já se exercita, pensa na vida e sente o vento na cara – o que comprova que você está vivo. Se você odiar academia (como eu), você pode trocar os dias que você finge que malha por uma pedalada que te leva para a casa. De bicicleta, você vivencia a cidade de uma maneira única e divertida. Você sente os cheiros, conhece melhor o comércio, vê as pessoas nos olhos e descobre caminhos alternativos. Pedalar exercita o corpo, a mente e a cidadania.

8 –  Tem um mundo de boas informações grátis

Tem uma penca de gente falando (muito bem) sobre usar a bicicleta como meio de transporte. Leia tudo. Devore. Assim você irá entender que é possível fazer isto todos os dias, aprenderá dicas de segurança e saberá melhor como se portar no trânsito. Isso aumenta a auto confiança e faz com que a sua jornada seja muito mais gostosa. A maioria dos problemas que você irá enfrentar, nós também enfrentamos.

9 – Você pode começar num domingo

Domingo a rua pode ser só sua.
Domingo a rua pode ser só sua.

Ok, nada parece mais aterrorizando do que ir trabalhar no domingo, mas calma lá. Aos domingos, o trânsito costuma ser menos caótico e você pode ver como se sente pedalando até o trabalho. Você poderá ver quanto tempo leva (provavelmente menos do que você imagina) e como se sente. Também dará para ver quão cansado e suado você estará. E a melhor parte é que você irá chegar lá e….. voltar para casa. Mais ou menos quando você é criança e te deixam faltar a escola porque é o seu aniversário.

 10 – Você pode começar agora

Se hoje você já estiver no trabalho, comece amanhã. Não caia nessa de viver uma vida de promessas de ano novo, em que você muito deseja, mas nunca cumpre. Você terá medo, você irá suar, você pensará que está fazendo algo errado, mas ó, tudo isto passa e se transforma em uma experiência maravilhosa. Cada pedalada é um novo aprendizado. Cada dia que você sai de bicicleta, você se torna mais experiente. Esse é o único jeito. Não há atalhos.

Sua vida é muito maior do que ficar vendo o Facebook na fila enquanto finge que dirige direito. Seu dinheiro vale muito mais do que as fortunas que você gasta para abastecer e estacionar. Sua saúde não precisa de cuidados daqui dez anos, precisa de cuidados agora.

Vá de bicicleta, ganhe vida e poste todos os dias no Facebook a sua jornada. Assim, você poderá usar suas próprias pernas para ostentar ~uma vida melhor que a dos outros.

As fotos maravilhosas são do Vinícius Leyser da Rosa. A imagem do Instagram é da Adriana Sampaio.

3 Comentários

  1. Pingback: O que saiu na imprensa na campanha de 2015

  2. Dicas maravilhosas e absolutamente verdadeira. Adorei a do chocolatinho para o Bike Anjo. Eles merecem muito! 🙂

    Visite o post de hj do De Bike na Cidade. Inclui o Pedal Glamour na tag que estou respondendo! 🙂

    Grande beijo!

  3. Pingback: 8 maneiras de parar de enrolar e cumprir com a meta de ser mais ativo nesse ano novo – Pedal Glamour

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *