lu-e-euA Luana leva quase 4 horas por dia só para ir e voltar do trabalho e num-guenta mais esta situação. Por morar no continente e trabalhar na ilha, sofre com um dos piores congestionamentos da região – dentro de um ônibus lotado. Diante disto, eu e ela começamos a agilizar de um jeito dela ir de bicicleta para o trabalho – ganhando tempo & qualidade de vida.

lu-e-eu3Combinei com ela de encontrá-la na Beiramar de São José – local próximo de sua casa e com uma ótima ciclovia. Ela levou a bicicleta dela, eu e o boy magia demos uma olhada e constamos muito problemas: pneus rachados, a troca de marchas não funcionava, um pedal estava quebrado e por aí vai.  Demos uma ajeitada, mas aproveitamos uma loja da região para mostrar para Lu outras opções de magrela.

lu-e-eu2 O começo do passeio foi tranquilo, com a Beiramar pouco movimentada. Fui dando algumas dicas iniciais para a Lu de postura, para que o trajeto seja menos cansativo e mais contemplativo.

lu-e-eu4Indo em direção a uma bicicletaria próxima, para apresentar para a Luana modelos de bicicletas ideais para o uso que ela irá fazer. Neste momento, troquei de bicicleta com a Lu, para que ela sentisse a diferença que seria ao investir em um modelo mais adequado.

lu-e-eu5 A Luana adorou curtir a paisagem enquanto pedalava.

lu-e-eu6Preparando a Luana para o seu primeiro contato com o trânsito, que tem acessos bem precários e pequenos trechos que são um pesadelo, pelo péssimo planejamento urbano para todos que não usam um carro.

lu-e-eu7 E, como nem tudo são flores, a Lu logo se deparou com um caminhão de concreto no caminho.

lu-e-eu8 Logo o trajeto ficou mais tranquilo e já estávamos bem perto da bicicletaria.

lu-e-eu9 Na volta, enfrentamos uma travessia complicada para retornar para a ciclovia.

lu-e-eu10E o final do passeio, com direito a foto para registrar o momento. Estas foram as primeiras pedaladas da Luana, que se saiu super bem. Em breve, a Lu vai comprar uma bicicleta nova e começaremos a fazer pequenos trajetos em um trânsito mais tranquilo, para que ela ganhe experiência e confiança, para enfim usar a bicicleta como meio de transporte e conduzir a sua vida do jeito que bem entender 🙂

Fotos Vinícius Leyser da Rosa

3 Comentários

  1. Luciana Vieira

    Parabéns por ajudar a Luana a ganhar segurança para ser mais uma pessoa a usar a bicicleta. Vamos lá, Luana, tudo vai dar certo!

  2. Pingback: Nova bicicleta Copenhage Soul

  3. Pingback: Indo de bicicleta para o trabalho

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *